Diário || Disfarçar



Tudo correu mal. E eu tentei disfarçar, mas não consegui. Tentei esconder, suprimir e esperar tudo acalmar. Desta vez não consegui. Ao ponto de tu, estranho, detetares que não estava bem. Não era difícil perceber, não consegui mesmo me distanciar do pensamento de derrota e falhanço. Naquele momento, tinha-te diante de mim. Observavas-me com naturalidade e começaste a questionar o meu estado. Surpreendeste-me. Mas não era o meu objectivo, ter-te preocupado comigo. Logo tu, completo estranho. 

-JR

Sem comentários:

Enviar um comentário