Textos || Inverno Eterno


Como é belo o mar de Inverno
E as estrelas brilham no céu eterno
Robusto, frio e imponente
Que seja para sempre, este amor ardente

A chuva molha a estrada negra
Almas caminham sem sentido
O forte vento arrepia, sem regra
Que saudades dá o verão proibido

O frio aperta a pele, autoritário
No entanto tudo isto é temporário
Vem aí a Primavera
Que belo tempo nos espera


-JR&MR.

Sem comentários:

Enviar um comentário