Opinião || Velórios e Funerais

Infelizmente, recentemente faleceu a mãe de uma amiga minha! Eram muito apegadas, por isso mesmo, ainda mais difícil foi aceitar a partida. Fiz questão de estar presente tanto no velório, como no funeral e também estarei na missa de 7ºdia. Apesar de detestar ir a funerais, (não pelo que representa mas pelo tipo de gente que lá se encontra, que é sobre isso que cá venho opiniar) a filha da senhora que faleceu é muito importante para mim, e na qualidade de amiga, apesar de ser um fracasso em palavras neste tipo de momentos, sempre lhe posso dar um abraço e garantir que estarei sempre lá.
Falando do que me incomoda profundamente: Porquê que vão aos funerais se não respeitam o sofrimento dos outros, para quê que tiram sequer o rabo do sofá? Gente abelhuda que lá vai só pelo prazer de ver a desgraça alheia, gente rude e mal educada, que nem um minuto de silêncio consegue fazer. Até os familiares, que são familiares não respeitam minimamente (não importa se são afastados, continuam a ser familiares e deveriam ser os primeiros a exigir respeito pela situação, mas por vezes consta-me que são os piores). Estão na igreja a bilhardar, a rir, falar ao telemóvel. Mas que porcaria é esta, mas que tipo de gente habita neste planeta? Se não respeitam, se não se importam então nem pensem em por os pés lá perto. Se é para dizer "meus pêsames" com cara de cabrito mal morto, virar as costas e ir bilhardar sobre a vizinha, páh fiquem em casa, vão para o café, fazer compras, o que vos apetecer. Também é completamente desnecessário que fiquem deprimidos, que façam um espectáculo à base de lágrimas de crocodilo, mas por favor calem-se! Mas que maldita gente, bando de inúteis. Se for a ver são os primeiros a apontar o dedo aos outros, mas quando chega a hora de se comportarem como deve ser é o que se vê.

Não retiro nem uma palavra, nem uma única virgula.
A quem lhe servir a carapuça que a use, e que lhe pese!!

-JR.

Sem comentários:

Enviar um comentário