Diário || Sábado à Noite



Nada melhor que o silêncio. Um chá quente, nesta noite fria. Nem apetece ligar a tv. Muito menos pensar na vida, apesar de por vezes ser inevitável. Já todos dormem. E eu aqui, contemplando as paredes brancas do quarto, iluminadas pela pouca luz, da vela acesa. Pensando se valerá a pena pegar no livro que está na mesinha, aberto. Ou se deva apenas colocar os auriculares e ouvir música, aquela música que acalma. Monótonas noites de sábado. 
-JR.



Sem comentários:

Enviar um comentário