Diário || Memórias de verão '14

Longos dias, cabelos mais claros, pele mais escura. Pouca roupa, tardes ao sol. Noites de loucura, noites de amizade, amor e paixão. Ilusões e desilusões. Passeios em terra e mar, praia e serra. Muita música, pouca preocupação. Boas recordações, momentos inesquecíveis. Doce verão '14.



-JR.

Textos || A vida é uma peça de teatro

A vida é uma peça de teatro, com vários palcos. Todos temos um papel, e diversos palcos onde interpretar. Temos o palco da família, onde nos comportamos e agimos de determinada forma. Temos o palco dos amigos, onde, analisando bem, agimos de maneira completamente diferente. Até podemos dizer exatamente a mesma coisa que no palco anterior, mas não o dizemos da mesma forma, ou se calhar até o fazemos mas a nossa linguagem corporal nunca é a mesma. O mesmo acontece, no palco trabalho, e em tantos outros palcos que pisamos ao longo da nossa vida. Para todo o lugar e ambiente temos sempre uma maneira distinta de agir. Podemos ter como exemplo o nosso circulo de amigos, há aquele amigo com quem se fala, mas que nem é tão intimo assim, e, assim sendo, quando se fala com um amigo que consideramos intimo, a nossa atitude e a nossa forma de estar, perante esse tal amigo é completamente diferente!

Foi algo que ouvi, algo para refletir.

-JR.

Diário || Sabores de Infância

Hoje foi um daqueles dias em que senti um dos sabores da minha infância. Sabor a açorda madeirense! Não é , nem de longe, o meu prato predileto mas trás boas memórias! Todos temos aquele(s) cheiro(s) ou sabor(es) que nos trás memórias, como eu não sou diferente de ninguém também tenho os meus: cheiro a maçã verde, sabor da açorda madeirense e também o cheiro e sabor do sumo de ananás gasificado, todos estes me recordam partes distintas da minha humilde e feliz infância. Como é bom recordar. 

-JR.

Diário || End of Summer

E assim chegamos ao fim, mais um Verão, entre tantos que se foram e de tantos mais que virão. Foi um bom Verão Passeei muito, conheci lugares novos, comi e bebi muito, conheci e desconheci pessoas, dancei, ri, chorei, brinquei, acima de tudo vivi. Em breve serão apenas memórias, algumas perder-se-ão, outras ficarão para sempre. Em breve será Outono, espero poder continuar a Viver intensamente entre folhas caídas, chuva e vento.

-JR.