Histórias || Garajau

-"Amanhã as 12h no Funchal!"
 -"E vamos onde?"
-"Não sei, vamos a descoberta"
-"É preciso levar alguma coisa?"

-"Comida e fato de banho"(..)
Assim foi, já eram 2h da manhã. Combinado em cima do joelho. Já passava das 12h quando nos encontramos. De mochilas as costas. Até comentei que parecia a Dora a Exploradora. Atravessamos o Funchal e fomos até uma paragem de autocarros! Apanhamos o 38 Cancela, o objetivo era ir ao Caniço, mas os HF , só iam até a Cancela, como temos passe e bilhetes pré-comprados, os bilhetes noutra transportadora iriam sair caro. Então, apanhamos o 38, fomos até a Cancela e o resto fomos a pé. seguindo as placas que encontravamos na estrada. Fazendo pausas aqui e ali, entrando em lojas e afins. Pareciamos autênticos estrangeiros. O objetivo era esse. Porque viagens de carro são sempre tão banais. É claro que se chega ao destino mais rápido, mas perde-se muita coisa. Mais de 40 minutos depois, chegamos ao destino: Cristo Rei. Confesso que sou um "bichinho do buraco" passo a vida enfiada em casa e apesar da ilha ser pequena e maioritariamente acessível existem muitos sítios que desconheço. Então a qualquer lugar que vá, é sempre uma descoberta. Fizemos uma pausa, observar a paisagem que é LINDA. Água, Comida, Falar, Rir e Brincar, tudo o que acontece num passeio normal! Até então o tempo estava forrado, mas decidiu abrir e eu decidi que queria ir para a praia, queria e ponto. O acesso ou era feito a pé por um caminho infindável, cheio de curvas (levariamos mais de meia hora a lá chegar) ou pelo teleférico! TELEFÈRICOOO! Vamos lá! A alegria toda foi porque nunca tinha andado nesse meio de transporte assustador. E lá fomos. Em 2 min estavamos na praia ( Praia do Garajau), prontos para o sol e o mar! Num instante passaram 2h e tinhamos que apanhar o teleférico de volta, fazer o caminho todo de regresso, apanhar o autocarro e chegar a casa. Mas não havia vontade alguma de andar a pé, muito menos a subir! Graças a Deus conseguimos boleia de um familiar! Foi Sortee! Senão iamos chorar para subir, literalmente! Foi um bom dia, mais um dia de Verão.

Por lá: 
 
 

-JR.

Sem comentários:

Enviar um comentário