Histórias || Bichinho amoroso

Este bichinho amoroso chegou cá a casa nas mãos do meu irmão mais novo. Encontrado numa estrada a meio do nada. Abandonado! Como sabia que os "patrões" cá de casa nunca iriam deixa-lo ficar, inventou uma mentirinha que logo foi descoberta. A intenção do miúdo era a melhor. Mas não podíamos mesmo ficar com o cão. Como sempre sobra para a irmã mais velha! Que teve de andar a procura de alguém que estivesse disposto a ficar e cuidar do pequeno animal. Ainda cá ficou cerca de uma semana, e depois foi. Espero que o novo dono cuide tão bem dele como eu cuidaria se com ele pudesse ficar.

 

Lembro me quando chegou todo sujo e a tremer por tudo o que era lado. Demos-lhe banho, comidinha, água e leite, não lhe faltou nada. E a mim também não faltou os sermões sobre não querer cães em casa. Aqui a Patroa (mãe), não gosta de cães, gatos sim, mas cães não. Vai-se lá entender! Quando for possível hei-de visitá-lo, espero que tenha muita comidinha e muito carinho! 


-JR.

Sem comentários:

Enviar um comentário