Diário || Insônias

Noites mal dormidas, quem mão as tem? Há quem, como eu, tenha mais do que devia ou merecia. Cabeça que não para, pensamentos aleatórios, assuntos por resolver. Tudo e nada é motivo. Palavras por dizer, ações que fazem sofrer. Nem o calor da cama se acalma, tão rebelde alma. Saudade que aperta, mas logo a razão desperta .. -JR.

Sem comentários:

Enviar um comentário