Diário || memórias eternas

E, eu não esqueço, nenhum daqueles que amei/amo verdadeiramente, nenhum daqueles que me fizeram feliz. Estão aqui, comigo, sempre! Não me arrependo, fizeram de mim aquilo que sou hoje, parecendo que não, ensinaram-me muito. Fica a memória, dos bons momentos, das lágrimas, de tudo o que vale a pena guardar. E, quando o tempo vier para lentamente apagar essas memórias, o sentimento irá prevalecer, essas memórias, ficarão então guardadas num lugar chamado eterno, onde nada nem ninguém pode chegar, muito menos destruir.
-Jovita R.

1 comentário: